imagem

Rio Grande, 20 de setembro de 2017

SDE

 

Sistemas Digitais e Embarcados

 


 

A área de Sistemas Digitais e Embarcados pode ser considerada como estratégica dentro das ciências exatas e das engenharias, pois tais sistemas estão presentes na quase totalidade dos produtos industrializados atualmente, representando um valor agregado importante no cenário econômico nacional e mundial. O domínio das tecnologias de projeto e fabricação de sistemas embarcados é um elemento chave para o desenvolvimento da indústria e da pesquisa, em todas as áreas do conhecimento.  
 
A pesquisa em Sistemas Digitais e Embarcados envolve o estudo de todos os aspectos relacionados ao desenvolvimento de sistemas eletrônicos e microprocessados complexos, baseados em circuitos digitais, analógicos e mistos, bem como o estudo e o desenvolvimento dos softwares básicos, e aplicativos associados a tais sistemas incluindo ferramentas de projeto assistido por computador (CAD). As pesquisas envolvem aspectos como a especificação, descrição, projeto, validação e teste dos respectivos sistemas, bem como a implementação e otimização dos circuitos e softwares desenvolvidos nas diferentes etapas do ciclo de vida do sistema. O objetivo principal das pesquisas é o desenvolvimento e a avaliação de soluções de hardware e software, para a implementação de sistemas embarcados e digitais complexos, de maneira a definir a melhor alternativa de sistema em termos de desempenho, consumo de energia, área da implementação, confiabilidade de operação, tempo de projeto, custo de produção, dentre outros aspectos.  
 
A linha de pesquisa de Sistemas Digitais e Embarcados pretende operar como parceira de todas as outras linhas de pesquisa. Em particular, pretende contribuir:
 
  • para a linha de Automação e Robótica Inteligente através do desenvolvimento de sistemas digitais auxiliares de aquisição e processamento de dados;
  • para a linha de Sistemas Multiagentes, através da implementação em hardware e em software do conceito de agentes;
  • para a linha de Computação Flexível, no desenvolvimento de arquiteturas computacionais que implementem os modelos de computação flexível estudados na linha.
 
Na linha de pesquisa de Sistemas Digitais e Embarcados, pretende-se pesquisar:
 
  • sistemas de aquisição de dados digitais e analógicos;
  • modelos de comunicação entre blocos de um mesmo sistema e entre diferentes sistemas;
  • arquiteturas de sistemas integrados para aplicações específicas;
  • arquiteturas de sistemas embarcados, sistemas microprocessados e sistemas distribuídos;
  • sistemas de interface com periféricos de saída e atuadores;
  • modelos de confiabilidade de sistemas digitais e embarcados
 


2010 - 2017 -- Desenvolvido pelo Centro de Ciências Computacionais - C3